Conferência Internacional Street and the City | Chamada de Trabalhos

A Rua e a Cidade IV – Momentos

7-9 de Setembro de 2022

Orador convidado (confirmado): Nicholas Tredell

A cidade vive e constrói-se de momentos. Momentos que respiramos no presente, momentos que cristalizam memórias, tanto individuais, como colectivas, num “solitário andar por entre a gente” (Camões, 1598), ou em diálogo entre o eu e o Nós unidos pela urbe. Esta conferência propõe que se abordem temas do passado, longínquo ou próximo, temas do presente, tanto a nível global, como local ou glocal, e temas do futuro, real ou imaginário. Segundo Mumford (1961), “as origens da cidade são obscuras, boa parte delas encontra-se ou enterrada no passado, ou irremediavelmente apagada, sendo as suas futuras perspetivas difíceis de aquilatar”. Propõe-se a análise de momentos, como as convulsões que afectam o quotidiano urbano, esvaziando as ruas da cidade e cortando, assim, as artérias da socialização habituais, até a projectos que busquem respostas e lenitivos para tais cenários. Propõe-se a reflexão sobre fenómenos que tocam a cidade e desafiam à criação de novas formas de conexão entre os seus residentes e os que até lá se deslocam, seja por lazer, seja por trabalho, pela guerra ou por desastres naturais. O espaço citadino, na sua dinâmica renovadora, convida à redefinição, mobilizando a criatividade emergente e a memória de momentos pretéritos, passíveis de configurar continuidades identitárias.

Assim, os tópicos e temas de interesse relacionados com a Rua e / ou a Cidade incluem, mas não se limitam a:

  1. Momentos arquitectónicos na rua e na cidade
  2. Momentos fílmicos na rua e na cidade
  3. Momentos literários na rua e na cidade
  4. Momentos políticos na rua e na cidade
  5. Momentos de diáspora na rua e na cidade
  6. Momentos tecnológicos na rua e na cidade
  7. Momentos turísticos na rua e na cidade
  8. Momentos visuais na rua e na cidade
  9. Momentos sonoros na rua e na cidade
  10. Momentos da rua e da cidade em risco

Tal como indicado no título, esta conferência é a quarta numa serie de eventos académicos sediados no CEAUL.

As submissões devem ser enviadas até dia 15 de Maio para thestreetandthecity@gmail.com, mencionando o método de participação preferido: in situ ou online.

Por favor inclua na linha de assunto do email SC4 e organize a proposta a submeter em 2 ficheiros diferentes:

  • Ficheiro com as propostas individuais, com o máximo de 300 palavras e com a duração de vinte minutos; As mesas-redondas terão o máximo de quatro oradores e um moderador – deve ser enviada uma breve descrição (150-200 palavras) e uma proposta de 300 palavras; Os painéis, com três oradores e um moderador, devem incluir uma breve descrição do painel (150-200 palavras), assim como uma proposta de 300 palavras;
  • Ficheiro com a informação relativa ao/s autor/es: o título completo da comunicação, o nome, a afiliação institucional, endereço postal e electrónico, e uma breve nota biográfica (100 palavras)

Por favor, identifique os ficheiros do seguinte modo: Apelido_Nome_Resumo_SC4 Apelido_Nome_Bionota_SC4

Todos os participantes são responsáveis pelo seu alojamento e deslocação.

A publicação de uma selecção de comunicações resultará de um processo de revisão de pares.

O conto americano escrito por mulheres

Mesa-redonda com Antónia Lima, Filipa Melo e Isabel Lucas sobre o trabalho de três escritoras: Lydia Davis, Lucia Berlin e Alice Munro. A discussão centrar-se-á especificamente no género do conto. 

ROAM Outreach 2 | “Sound and Vision”: Painted Responses to Music

Date: 28th April 2022, 17h-18h30
Venue: Anfiteatro I
Admission:  Free

Abstract
This project was developed by four undergraduate students of Contemporary Visual Arts, a subject that is common to several degree courses at Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.  We aim to gain an understanding of how different artistic expressions can be intertwined to produce a meaningful experience that will connect the audience to the artists. The audience will observe two young artists of Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa painting two artworks while being accompanied by two musicians of Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa for an hour. One of the musicians will play the guitar in the first half an hour and will then be replaced by the other musician, a singer using her voice only. An important aspect of the creative process is the space for improvisation and spontaneous development that will be provided, creating a site for art to cross boundaries. The artistic production will then be followed by a discussion and interview with the artists.  This approach will provide an insight into how musical performance can influence the creative process. Questioning the creators immediately after the art piece is finished is an interesting form of engagement that we do not have the opportunity to experience very often in traditional galleries and formal cultural spaces. By choosing young artists from universities, we aim to represent ourselves – as students, locals, and as the new generation.

Bio notes

– JOÃO GAMA, 23 YEARS OLD

Born in the village of Arrepiado in the district of Santarém, he came to Lisbon to study Sculpture in Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa, where he is now taking his master’s degree. João usually works with wood. When he paints, he uses strong colours to depict landscapes and figures. To the artist, his art is important to capture instincts and the essence of life.

– MARIA TRISTÃO, 23 YEARS OLD

Maria is a young Portuguese artist from Mira de Aire now on the last year of her degree in Painting in Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa. Her work focuses on the representation of space with specific characteristics that allow her to create scenarios, or on the representation of images that overwhelm her with the need to paint and transform them into art.

– LUCAS CALHEIROS, 19 YEARS OLD

Lucas is from Carcavelos and is currently studying Estudos Gerais in Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. As an artist, he plays the guitar, the bass, and sings. He is a member of Flor Girino, a band where he adapts existing themes but also writes original songs. Improvisation is re-occurring in his musical expression. Some of his inspirations are Alfredo Marceneiro, Allen Halloween, and Alice in Chains.

– MARTA AGOSTINI, 21 YEARS OLD

Marta is an Erasmus student in Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.  She is from Trento, Italy, and is studying Anthropology. Marta chose Portugal because of its warm temperatures and culture. Besides Humanities, she is interested in music and singing. The artist expresses her individuality through musical experimentation with her voice, using vibration and instruments. Her inspiration comes from human relations, nature, and love.

Art, the Audience and Activism: How Can the Arts Bring About Real Change in the World?

Guest speaker: Marisa de Andrade, University of Edinburgh
Date: 5th April 2022, 9h30-11h
Venue: Room C247
Admission: Free

Abstract: How can hip-hop reduce inequalities? Dance tackle immigration? Comedy improve mental health in the Deaf community? Environmental art in green spaces change the way we think about what it means to be well?

In this interactive talk and workshop, we’ll be diving into the thinking behind Measuring Humanity and reflecting on the power of art to challenge policy makers and academics to reassess what counts as evidence when developing policies, practices, and recommendations.

In particular, we’ll be discussing a hip-hop video featuring rapping written using co-produced data from marginalised community members, health and voluntary sector practitioners, and researchers. Dear Human highlights the lived experiences of these communities and questions the nature of evidence in public health.

We’ll then apply this methodological and theoretical approach to art work. Please bring examples of (any form of) art if you’re creating your own art, or examples of artwork that you’re inspired by. 

Bio note: Dr Marisa de Andrade is an academic in health policy at the University of Edinburgh. She is Programme Director for the MSc by Research in Health Humanities and Arts; Programme Director for the PhD in Health in Social Science; Associate Director for the Centre for Creative-Relational Inquiry; and a Co-Director at the Binks Hub working with communities to co-produce a programme of research and knowledge exchange that promotes social justice, relational research methods and human flourishing. Marisa has led several traditional and community-based arts-informed public health studies. She is currently PI on an Arts and Humanities Research Council (AHRC) collaborative place-based grant putting the arts at the helm of strategic decision-making across multiple sectors including health and social care, employability, education and social justice. Her book Public Health, Humanities and Magical Realism: A Creative-Relational Approach to Researching Human Experience will be published in July 2022 by Routledge: Public Health, Humanities and Magical Realism: A Creative-Relational A (routledge.com)

Curso de Formação de Professores: O Holocausto (2ª edição)

O segundo curso online de formação para professores sobre o Holocausto, enquadrado no projeto “Remembering the Past, Learning for the Future: Research-Based Digital Learning from Testimonies of Survivors and Rescuers of the Holocaust” (ID 740639658), financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), inserido no “Nunca Esquecer – Programa Nacional em torno da Memória do Holocausto“, será realizado no dia 29 março de 2022, das 17h30 às 19h30.

As atividades educativas online sobre o Holocausto em língua portuguesa desenvolvidas pela nossa equipa são publicadas no website oficial do projeto e na plataforma IWitness da USC Shoah Foundation. O material destina-se sobretudo a alunos dos 11.º e 12.º anos e universitários, em particular, no âmbito das disciplinas de História e Cidadania e Desenvolvimento.

Os participantes devem inscrever-se com antecedência através do link abaixo:
https://us02web.zoom.us/meeting/register/tZIkduGprjotHtffn6vxT-kyhKVVa-vHf4t5
Após o registo, receberá um e-mail de confirmação contendo informações sobre como entrar na reunião.

ESC #57 – Estudos de Envelhecimento

O curso tem como o seu objetivo introduzir os participantes ao tema de estudos de envelhecimento, aprofundando algumas das suas questões tais como o envelhecimento e o género, o envelhecimento e a (in)visibilidade, o idadismo, o autoconhecimento, o corpo, a memória e a identidade.

Durante o curso serão analisados textos ficcionais e teóricos em língua inglesa. As sessões e as discussões do corpos serão conduzias em português.

Programa:

  1. Introdução à gerontologia literária e cultural/Introduction to literary and cultural gerontology
  2. As mulheres e envelhecimento: feminisms and femininities/Women and ageing: feminisms andfemininities
  3. Os homens e as masculinidades/Men and ageing: masculinities
  4. Life-writing
  5. A memória, o corpo e a identidade/Memory, the body and identity
  6. O envelhecimento nas literaturas de língua inglesa/Ageing in literatures in English
  7. O Bildungsroman e o Reifungsroman/The Buildungsroman and the Reifungsroman
  8. O envelhecimento em diferentes culturas/Ageing in different cultures

Datas: 18-19 de Maio de 2022
Organização: CEAUL/ULICES/FLUL
Formadora: Zuzanna Zarebska
Local: Faculdade de Letrada da Universidade de Lisboa
Horário: A definir

Horas de contacto: 12 em 2 dias
Horas totais: 14: 12 + 2 horas de leitura e trabalho em casa

 

ESC #56 – Oficina Ozu e o Cinema Clássico Americano

A Oficina Ozu e o Cinema Clássico Americano realiza-se a 30 de Abril e tem como objectivo principal  fornecer conhecimentos que permitam reconhecer a influência, assim como os elementos dissonantes, entre o cinema clássico americano e o cinema oriental do realizador japonês Yasujiro Ozu (1903-1963). Dirigido aos alunos que pretendam desenvolver conhecimentos sobre a História do Cinema, Cinema Norte-Americano, Análise Fílmica e que queiram ser introduzidos ao cinema de Ozu, a oficina privilegia a análise e discussão de filmes na relação entre a narrativa, mise-en-scène e o autor, partindo à descoberta de uma linguagem cinematográfica em permanente renovação e diálogo. 

Programa de estudos, incluindo horas totais e horas de contacto: A oficina irá funcionar num único dia, durante o período de 3 horas, via Zoom. Nesse período o formador partilhará o seu know-how e diferentes materiais com os formandos. Tendo em conta a estrutura da oficina, numa primeira parte serão trabalhados os ensinamentos teóricos de autores como David Bordwell, Todd Berliner, John Gibbs, a partir do visionamento e discussão de excertos de um filme do período clássico americano. Já numa segunda parte, dedicada ao visionamento e discussão de excertos de um filme de Ozu, serão abordados autores como Donald Richie, Yoshida Kiju, Patrick Holm Hogan e Gilles Deleuze. Esta abordagem permitirá colocar em diálogo realizadores e respectivos filmes.

O Curso tem 20 vagas e os valores são de 15€ para Estudantes da ULisboa, 20€ para o público em geral. Os interessados em inscrever-se deverão fazê-lo até dia 20 de Abril. Para tal, será necessário preencher a ficha de inscrição com todos os dados solicitados e remetê-la para gestao.ceaul@letras.ulisboa.pt até ao prazo indicado. Posteriormente, serão indicados os passos a realizar para efetuar o pagamento da inscrição.

Palestra Online SHARE com Fátima Geovanini

Fátima Geovanini (Faculdade de Medicina, Estácio de Sá – IDOMED)

Medicina Narrativa e Educação Médica: O percurso do grupo Humanidades, Medicina e Arte. As especificidades da Medicina Narrativa no trabalho de luto e a literatura infantil

Nesta palestra, Fátima Geovanini vai apresentar o trabalho desenvolvido pelo grupo Humanidades, Medicina e Arte, do qual faz parte, e que vem desenvolvendo práticas da Medicina Narrativa na graduação médica da Universidade Estácio de Sá – Idomed. Aprofundando o tema, apresenta a interlocução da Medicina Narrativa com o trabalho de luto e a literatura infantil, projeto de investigação ao qual se dedicando nos últimos anos.

Sessão moderada por Margarida Reffoios

A palestra decorrerá online via Zoom, no dia 17 de fevereiro de 2022, a partir das 18h (Portugal Continental). O evento será aberto ao público, e pode ser acedido a partir dos seguintes dados:

Linkhttps://zoom.us/j/96872167582?pwd=NEFWZWVNOERTM3M4WS9uSDJRUk1MZz09
ID da Sessão: 968 7216 7582
Senha: n6stRz

Esperamos contar com a vossa presença!

ESC #54 – Oficina de Argumento Cinematográfico

Oficina de Argumento Cinematográfico realiza-se a 19 e 26 de Março e tem como objectivo principal ferramentas teóricas e práticas que permitam a construção de um projecto de escrita para ficção audiovisual, desde a conceção da ideia ao momento do pitching. O Curso tem 20 vagas e os valores são de 35€ para Estudantes da ULisboa, 40€ para o público em geral.

Os interessados em inscrever-se deverão fazê-lo até dia 14 de Março. Para tal, será necessário preencher a ficha de inscrição com todos os dados solicitados e remetê-la para gestao.ceaul@letras.ulisboa.pt até ao prazo indicado. Posteriormente, serão indicados os passos a realizar para efetuar o pagamento da inscrição.

ESC #55 – Oficina de Edição de Filme

Oficina de Edição de Filme realiza-se a 2 de Abril, divide-se em dois grandes momentos: Uma primeira parte dedicada à teoria de Edição de Filme, seguida de uma segunda parte de prática com utilização do software Premiere Pro. O Curso tem 15 vagas e os valores são de 25€ para Estudantes da ULisboa, 30€ para o público em geral.

Os interessados em inscrever-se deverão fazê-lo até dia 28 de Março. Para tal, será necessário preencher a ficha de inscrição com todos os dados solicitados e remetê-la para para gestao.ceaul@letras.ulisboa.pt até ao prazo indicado. Posteriormente, serão indicados os passos a realizar para efetuar o pagamento da inscrição.