Estudos de Tradução e Recepção (GI 6)

Estudos de Tradução e Recepção (GI 6)

Investigador principal: Hanna Pięta

Número de investigadores: 14 - Membros integrados (doutorados): 5 / Estudantes de doutoramento: 3 / Outros investigadores: 6

 

Descrição Geral

O GI6 Estudos de Tradução e Recepção promove e divulga investigação feita no âmbito da tradução enquanto fenómeno cultural, social e histórico através da implementação de projetos de investigação e disseminação fundamentais e aplicados. O seu objectivo é compreender, descrever e explicar melhor o papel da tradução na sociedade, considerando o seu contexto e factores condicionantes, com especial ênfase no inglês como língua de partida para a tradução em Portugal.

Quanto aos seus procedimentos, o GI6 realiza reuniões gerais, onde os trabalhos em curso de projetos de investigação individuais e de subgrupos são apresentados e discutidos de modo a fomentar o diálogo e sinergias entre as áreas relacionadas, ainda que distintas, da tradução literária, audiovisual e do inglês para fins específicos (ESP), representadas pelos seus membros. As reuniões de projecto dos seus subgrupos também são programadas sempre que necessário, a fim de apresentar e discutir resultados e problemas, bem como planear tarefas futuras. São também realizadas reuniões com o intuito de fornecer feedback sobre a investigação conduzida individualmente, para discutir problemas e supervisionar regularmente 2 estudantes de doutoramento (Menezes, Martinez) e 2 estudantes de pós-doutoramento (Gombár, Pięta). As reuniões são realizadas para discutir novos projetos de investigação e trocar informações sobre candidaturas a financiamento competitivo.

Palavras-chave: Estudos de Tradução e Recepção; Tradução Literária; Tradução Audiovisual; Tradução ESP

 

Objetivos e escopo da investigação (definição do objecto, principais temas de investigação teórica e/ou aplicada)

Para entender, descrever e explicar o que é a tradução, abordar os seus factores condicionantes e o seu impacto, o GI6 tem vários objectivos concretos:

(1) Mapear a Tradução em Portugal, através da contínua participação no projecto “Literatura Intercultural em Portugal, 1930-2000: Uma Bibliografia Crítica” (em parceria com o CECC-UCP) e pelos principais projectos focados no estudo de tradução indirecta ou mediada (IndirecTrans1 e IndirecTrans2);

(2) Orientação de projectos de doutoramento e pós-doutoramento em curso na área dos Estudos de Tradução, nomeadamente sobre normas de tradução relativas à variação linguística em textos literários e audiovisuais, sobre a influência dos paratextos nas estratégias de leitura de tradução, sobre o papel da tradução na importação de géneros literários e não literários, especialmente no quadro actual da hegemonia da língua inglesa;

(3) Divulgação dos resultados da investigação, em Portugal e no estrangeiro, através da organização de eventos científicos nacionais e internacionais em Estudos de Tradução e Recepção, como a promoção de palestras regulares (ETC… Estudos de Tradução à Conversa, url: www.etc.ulices.letras.ulisboa.pt) além das conferências “Jornadas de Estudos de Tradução” (JET, url: http://www.etc.ulices.org/jet), organizando eventos científicos internacionais e painéis em congressos internacionais; e coordenando ou participando em publicações de alto impacto e visibilidade;

(4) Fomentar a cooperação internacional, acolhendo formandos estrangeiros (temporariamente) e integrando novos investigadores de doutoramento ou pós-doutoramento de alta qualidade no GI6; participação em associações internacionais e conselhos editoriais de séries e periódicos internacionais; e

(5) incentivar a elaboração de projetos de investigação e a apresentação de candidaturas a financiamento competitivo nacional e internacional.

 

Metas / Principais marcos

(1) A base de dados de acesso aberto online “Literatura Intercultural em Portugal, 1930-2000: Uma Bibliografia Crítica” detém atualmente cerca de 20 000 entradas entre 1930-1980 (projeto contínuo CEAUL-CECC). A equipa conjunta concluiu a consulta de informação bibliográfica e de literatura impressa de volumes traduzida a partir de qualquer língua de origem e publicada em Portugal entre 1930 e 1980; revisão de dados e sua disponbilização online. URL: http://www.translatedliteratureportugal.org; Coordenação: Hanna Pieta (CEAUL).

(2) Publicação de 6 volumes de alta visibilidade e impacto, bem como edições especiais (entre outras publicações):

(3) Criação de uma plataforma online para uma rede internacional de Investigadores, IndirecTrans2. Centros e Periferias: Tradução Indirecta em Trocas Interculturais. Coordenação: HPieta and RMaia; Membros da Equipa do CEAUL: ZGombár. URL: http://www.indirectrans.com/index.html

(4) Realização regular das palestras ETC… Estudos de Tradução à Conversa organizadas desde 2011 (projeto de divulgação em curso). Equipa actual - Coordenação: AARosa; Membros da equipa 2015: RQBarros, IMealha, ECabrita, SValdez.

Realização de 3 Conferências JET sobre Estudos de Tradução (http://www.etc.ulices.org/jet)

  • JET1 - “Voice in Indirect Translation”, 10-11 July 2013
    JET2 – “International English and Translation”, 3-4 December 2014
    JET3 – “Voice in Translation: Ethical Issues”, 6 November 2017

 

Projectos (títulos)

2007 - …: Literatura Intercultural em Portugal, 1930-2000: Uma Bibliografia Crítica. Este projecto de investigação iniciado em 2007 reúne dois centros de investigação portugueses, o Centro de Estudos de Cultura e Comunicação, Universidade Católica Portuguesa, Lisboa (CECC-UCP) e o Centro de Estudos Anglísticos da Universidade de Lisboa (CEAUL). Actualmente, este projecto de investigação conjunta está a ser desenvolvido sob a supervisão de Teresa Seruya (CECC), de Hanna Pieta (CEAUL) e Maria Lin Moniz (CECC), e pretende produzir uma bibliografia crítica sobre literatura traduzida publicada em livro em Portugal entre 1930 e 2000. Como tal, o projecto contribui para os Estudos de Tradução em Portugal, colmatando a lacuna cronológica entre 1930 e 2000 deixada a descoberto pela obra seminal A Tradução em Portugal, de Gonçalves Rodrigues, cujos cinco volumes pretendiam mapear a tradução de todos os tipos de texto em Portugal entre 1495 e 1930. Este projeto produziu até agora c. 20 mil entradas abrangendo os anos de 1930 a 1980 e esse banco de dados está disponível online em acesso aberto desde dezembro de 2010.

 

2007 - …: Antologia de Contos em Inglês Traduzido para Português. Este projecto de investigação e tradução visa publicar uma selecção de contos de autores contemporâneos de língua inglesa, recuperando projectos de mestrado seleccionados em Tradução Literária por estudantes da Universidade de Lisboa, (conjuntamente) supervisionados por membros deste GI. Este projecto beneficia da cooperação do presidente da conferência da Society for the Study of the Short Story in English e é supervisionado por João de Almeida Flor, Alexandra Assis Rosa, Luísa Falcão e Margarida Vale de Gato. Esta antologia é composta pela tradução para o português de contos de Clark Blaise, Robert Olen Butler, Ana Castillo, Tamas Dobozy, Claire Keegan, Bharati Mukherjee, Velma Pollard (Society for the Study of the Short Story in English) e também por Anita Endrezze, Salman Rushdie e Katherine Vaz.

 

2015 – 2018: IndirecTrans2: Centros e Periferias: Tradução Indirecta em Intercâmbios Interculturais. O IndirecTrans2 foi concebido como um spin-off do projeto internacional maior do projecto nacional exploratório que decorreu entre 2013 e 2014, designado por IndirecTrans 1: Traduções Indirectas de Literatura Inglesa Publicadas em Portugal (1901-1950). O grande objetivo tem sido o de trazer para primeiro plano e explorar o(s) conceito(s) até então pouco estudado(s) do carácter indirecto nos Estudos de Tradução, e empregá-los na investigação empíricas sobre traduções. URL: http://www.indirectrans.com/index.html